Cooperação técnico-científica para construção de biodigestores bifásicos no Brasil

No dia 23 de abril de 2015 as empresas EnviTeSB Ltda (Brasil) e Ares Technology UG (Alemanha) assinaram contrato de cooperação técnico-científica exclusiva para construção de biodigestores bifásicos no Brasil. Com isso, o Brasil poderá sair na frente na implantação da mais nova tecnologia de biodigestores automatizados e com grande eficiência no tratamento de resíduos orgânicos.

O princípio básico de funcionamento de Biodigestores é o mesmo para os tipos monofásicos e bifásicos. A diferença se dá no modo em como ocorre o processo de fermentação. Enquanto em um biodigestor monofásico as quatro fases da digestão acontecem em um só fermentador, no biodigestor bifásico aa fase acidogênica ocorre em tanque especialmente construído para tal fim e a metanogênica no tanque de geração de biogás. Com isso, o controle na geração de biogás pode ser feito de maneira mais eficiente além do fato de se poder utilizar substratos fibrosos, que ainda são uma barreira a ser vencida em biodigestores convencionais monofásicos automatizados.

as empresas EnviTeSB Ltda (Brasil) e Ares Technology UG (Alemanha) assinaram contrato de cooperação técnico-científica para construção de biodigestores bifásicos no Brasil

Com a parceria entre as empresas EnviTeSB Ltda e ARES Technology, o Brasil passa a ser o primeiro país da América Latina a possuir tecnologia de Biodigestor Bifásico

Com a tecnologia patenteada da empresa Ares Technology UG, a separação das fases e consequentemente melhor eficiência de processo, permite que o biodigestor seja construído com um tamanho menor do que biodigestores monofásicos com a mesma potência, o que reflete imediatamente no preço final destes projetos, ou seja, o investimento em biodigestores bifásicos é normalmente menor.

Com a cooperação técnica entre as empresas, a EnviTeSB fica responsável pelas análises preliminares dos projetos no Brasil e fornecimento de dados necessários para o desenvolvimento do projeto em conjunto com a empresa ARES na Alemanha. Com o projeto completo desenvolvido na Alemanha, a fabricação dos componentes será feita em empresas brasileiras especialistas do ramo.

“O objetivo da parceria entre nossas empresas é trazer para o Brasil a tecnologia mais avançada de biodigestores e permitir que empresas nacionais participem na implementação de soluções sustentáveis para os resíduos orgânicos, ajudando o país na diversificação da matriz energética e fortalecendo o setor do agronegócio.” Afirma o Dr. Michael Strecker, Sócio Administrador da empresa ARES Technology UB.

A parceria acontece um momento bastante oportuno, em que a empresa EnviTeSB Ltda já trabalha com projetos de biodigestores no Brasil.

Uma das primeiras medidas é a implantação e viabilização de Laboratórios de Biogás em todo o país. Para isso, estão sendo estudadas algumas medidas como parcerias com instituições de ensino ou mesmo a criação de um sistema de franquia em todo o território nacional.

Gostou? Clique no botão G+ e compartilhe nas redes sociais para indicar que deseja mais conteúdo relacionado com este tema.

About Gleysson B. Machado

Sou formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

Deixe seu comentário