Mobilidade elétrica na Alemanha

A preocupação com o meio ambiente aliado a perseguição do ideal de independência energética tem acompanhado os alemães nos últimos anos de maneira mais intensa e incentivando a Mobilidade elétrica na Alemanha.

Neste contexto o projeto para a mobilidade elétrica tem sido objeto de estudo em várias cidades na Alemanha. Não região banhada pelos rios Meno e Reno (Rheinmain-Region) existem projetos concretos que estimulam o uso da mobilidade elétrica para automóveis e bicicletas. A ideia é que cada vez mais pessoas passem a comprar carros híbridos (combustível comum e eletricidade) ou totalmente elétricos.

Uma das grandes barreiras para o inicio desse mercado ainda é o preço mas também a falta de postos de abastecimento para tais veículos. Contudo, essa tecnologia é uma tendência para o futuro e desta forma a pergunta que fica é somente quando começaremos fazer uso em massa dessa nova forma de mobilidade.

O Governo do Estado de Hessen já vem implantando junto com empresas da região de Frankfurt, Darmstadt, Hanau e Mainz vários projetos em conjunto para que as pessoas possam fazer suas primeiras experiências com veículos movidos a eletricidade. Algumas empresas implementam o sistema  em suas atividades alugando esses veículos (carros ou bicicletas) dos parceiros envolvidos no projeto., o Governo do Estado de Hessen ajuda financeiramente para que o preço final dos alugueis fique mais acessível as empresas e a população. Os programas do governo acontecem normalmente em prazos de 2 ou 3 anos, mas após o final do projeto, algumas empresas como a eMobil RheinMain dão continuidade ao projeto por conta própria.

Pra quem acredita que essa realidade ainda está muito longe, atualmente a região já conta com 490 veículos elétricos que podem ser alugados e 257 pontos de abastecimento espalhados por todos as cidades envolvidas no projeto. A maior parte desses pontos de abastecimentos são Postos Solares onde placas solares carregam baterias com energia para posterior comercialização.

Ambientalistas observam atentamente o desenvolvimento dessa área e pressionam o governo para mais estímulos ao setor. Estimasse que com o uso intensivo de energia solar, precisaremos explorar cada vez menos a natureza em busca de petróleo e outras fontes de energia e dessa forma reduzir significativamente os impactos ambientais e resíduos gerados por essas atividades. Em países como  o Brasil, onde a incidência de radiação solar é muito maior do que na Alemanha, essa tecnologia poderia revolucionar a maneira como trataremos nossos recursos naturais.

Em relacao aos carros movidos à eletricidade é importante observar como a geração de energia acontece, sob o risco de causar grandes impactos ao meio ambiente. Entenda como no vídeo abaixo:

Gostou do tópico? Clique no botão +1 do Google logo abaixo

Gostou? Clique no botão G+ e compartilhe nas redes sociais para indicar que deseja mais conteúdo relacionado com este tema.

About Gleysson B. Machado

Sou formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

Deixe seu comentário